9 coisas que as pessoas orientadas para os detalhes sempre fazem (mas nunca falam sobre)

9 coisas que as pessoas orientadas para os detalhes sempre fazem (mas nunca falam sobre)

Há dois tipos de pessoas no mundo:

Aqueles que olham para o quadro geral e aqueles que se concentram nos detalhes.



Nos negócios e na vida, esses dois tipos são importantes - mas nem todo mundo sabe de que tipo são.

Algumas pessoas pensam que são orientadas para os detalhes, apenas para perceber que se concentram mais em uma grande visão.

Então, a questão é:

Como você saberia se está realmente mais interessado nos detalhes do que no panorama geral?



Aqui estão 9 hábitos de pessoas orientadas para os detalhes:

1) Você valoriza a eficiência

Perder tempo está fora de questão.



Mesmo um minuto extra significa gastar mais energia e recursos valiosos que poderiam ser dedicados a outros empreendimentos.

Para pessoas orientadas para os detalhes, o resultado final é este:

Cada parte, por menor que seja, é importante para o cumprimento do grande objetivo.

Portanto, você deve prestar atenção a cada detalhe. Manter essas pequenas partes funcionando perfeitamente significa alcançar ou até mesmo ultrapassar o prazo.

2) Você antecipa problemas

Algumas pessoas não pensam muito nos elementos 'básicos'. Eles acreditam que não há nada com que se preocupar, mas não é assim que as pessoas deveriam pensar.

Mantenha a lei de Murphy em mente:



“As coisas darão errado em qualquer situação, se você lhes der uma chance.”

Se você não examinar cada detalhe, como pode dizer com total confiança que tudo vai ficar bem?

Imagine que você vai construir a casa dos seus sonhos. Você tem certeza de que será a casa dos seus sonhos.

Por quê? É porque você tem total controle criativo.

Da cor de cada quarto ao design de cada prateleira e maçaneta, existem detalhes distintos que definem a sua residência perfeita.



Portanto, o mesmo vale para pessoas orientadas para os detalhes:

Eles avaliam cada pequeno aspecto para evitar que o todo desmorone.

Você não apenas diz que a casa dos seus sonhos é grande. Em vez disso, você entra em cada detalhe e examina o que funciona e o que não funciona até que toda a estrutura seja construída em sua mente.

3) Você dá sentido a coisas aparentemente desconectadas

Vamos esclarecer uma coisa aqui:

Todos conhecem os detalhes e, idealmente, os mantêm em mente.

A melhor coisa sobre pessoas orientadas para os detalhes é que elas não esquecem facilmente dos pequenos detalhes que, de outra forma, iriam acima da cabeça de outras pessoas.

Mas como isso é possível?

A chave aqui é identificar padrões - mesmo que eles não existam de fato.

Como aluno, lembra como foi difícil memorizar todos os itens do teste um dia antes do exame?

Você provavelmente criou padrões para lembrar as respostas com facilidade. Talvez uma série de conceitos tenha começado com a mesma letra, ou talvez todas as datas históricas tenham anos ímpares.

Na vida, você também dá sentido a todo o caos ao seu redor:

Você se lembra lenta mas seguramente das ruas no caminho para o trabalho, pensando na forma que elas formam.

Você conta quantas livrarias você passa antes de chegar ao destino.

É apenas quem você é - você organiza e conecta ideias para não perder de vista o objetivo final.

4) Você é um perfeccionista

Garantir que cada parte do processo corra bem é ótimo.

Mas você sabe o que não é?

Constantemente voltando para uma parte para garantir que esteja praticamente perfeito.

Ironicamente, há uma tendência de perder tempo, mesmo quando você se preocupa com a eficiência. Você deseja muito que as coisas funcionem na primeira vez que verifica tudo repetidamente.

Mesmo depois de testar a primeira etapa 100 vezes, você verifica novamente mais uma vez para ter certeza.

Aqui está a verdade dura e fria:

Pessoas orientadas para os detalhes desenvolvem ansiedade quando buscam a perfeição.

Olha, nada é absolutamente perfeito, e isso é perfeitamente normal. Mesmo os melhores pintores de todos os tempos pensam que há algo que precisa ser consertado no que o mundo vê como obras-primas.

Então pare de pensar em todos os e se quando você já pensou nas coisas.

5) Às vezes, você está controlando demais

Preocupar-se com os detalhes pode ser uma desvantagem se você começar a mandar em outras pessoas.

Entendemos:

Você quer que sua vida corra conforme planejado.

No entanto, seu senso de controle não deve impedir a liberdade dos outros de fazerem o que desejam.

Você não pode mandar nos outros só porque está se sentindo ansioso com cada pequena coisa na vida.

Caso contrário, você pode perder seus amigos.

Isso também se aplica ao trabalho quando você dá ordens a seus colegas de trabalho todas as vezes. Você pode sofrer de isolamento social se não se controlar.

O que você pode fazer?

Confie neles. Seja crítico apenas quando necessário. Não os faça sentir que não conseguem fazer as tarefas mais básicas sem a sua ajuda.

Se você ainda se sente inseguro o tempo todo, lembre-se disso:

A vida é uma série de altos e baixos. É normal nem sempre conseguir o que deseja. Você não precisa escrever todos os detalhes sobre o seu futuro.

Aprenda a aceitar que algumas coisas estão e devem estar fora de seu controle. Dessa forma, você pode gastar seu tempo e energia em aspectos de sua vida que pode mudar.

6) Você trabalha do seu jeito para trás para encontrar uma solução

Pessoas orientadas para os detalhes podem identificar prontamente a causa observando o efeito.

É como você resolve um labirinto:

Quando você era criança, você pode ter tropeçado no desenho de um labirinto. Mas em vez de colocar o lápis no ponto inicial, você traça o caminho correto da saída do labirinto de volta à entrada.

Você sabe que um efeito deve apontar para uma causa específica. Portanto, se o seu computador desktop quebrar, você não substitui imediatamente a máquina inteira.

Em vez disso, você adota uma abordagem mais cuidadosa:

Primeiro, você identifica o problema. O monitor está mostrando uma tela preta? O teclado não está respondendo à sua digitação? Talvez a impressora sem fio não esteja funcionando corretamente.

Ser orientado para os detalhes permite que você restrinja facilmente a lista de possíveis causas.

Quão?

Por um lado, você sabe que um sistema funciona por causa de suas partes distintas e interconectadas. E, em segundo lugar, que cada uma dessas partes tem uma função específica.

Portanto, se ocorrer um problema, basta lembrar qual parte deve estar funcionando em primeiro lugar para evitar que aconteça.

7) Você gosta de observar ativamente

Todos sabem observar.

A diferença?

Pessoas orientadas para os detalhes fazem isso melhor por meio da observação ativa.

Com isso, queremos dizer que seus olhos não pairam apenas de um objeto para outro. Nem ouve só porque seus ouvidos podem ouvir um conversação.

Observação ativa significa saber exatamente para onde e quando olhar.

Aqui está uma boa comparação:

Assistir ao noticiário enquanto você simplesmente descansa no sofá por seis horas por dia é uma observação passiva - é apenas uma sobrecarga de informações.

Por outro lado, tomar notas e pensar no que você quer esclarecer é um exemplo de observação ativa. Você inspeciona o que está à sua frente para ver as muitas partes da grande história.

Para pessoas orientadas para os detalhes, é tudo uma questão de criticar as informações apresentadas e se concentrar nos principais aspectos para encontrar uma solução.

8) Você é rápido em notar mudanças

Imagina isto:

Você volta para casa após um longo dia de trabalho. Você tira o casaco e o pendura. Você alimenta seu cachorro como de costume, mas depois faz uma pausa.

Você pensa consigo mesmo: algo mudou?

Logo, você percebe que o cesto de roupa suja foi movido meio metro. Acontece que seu cachorro estava curioso sobre o cheiro de roupas sujas.

A posição do cesto de roupa suja não é importante. Isso não afeta sua produção de trabalho ou se você terá uma boa noite de sono ou não esta noite.

Mas isso é o que acontece com pessoas orientadas para os detalhes:

Eles não deixam nada passar por eles.

Você só sabe quando algo não se encaixa no quadro geral. Há uma consciência de que as coisas não estão do jeito que você as deixou, e isso afeta seu senso de controle.

Pessoas orientadas para os detalhes são como seus amigos que identificam facilmente todas as diferenças entre duas imagens semelhantes.

9) Você valoriza números e registros

Os números são o seu melhor amigo. Desde o gerenciamento do seu orçamento pessoal até a verificação das despesas da empresa, seus olhos estão grudados em cada dígito e cálculo.

O que há de tão bom nisso?

Isso significa que as pessoas podem confiar em você com seu dinheiro e ativos financeiros.

Sua atenção impecável aos detalhes - não importa o quão chato seja olhar as planilhas o dia todo - permite que você aloque adequadamente os recursos restantes.

Você não ignora os menores erros. No final, são todos erros que precisam ser corrigidos para manter todo o sistema funcionando sem problemas.

Como Identificar Pessoas Orientadas a Detalhes

No geral, existem muitas características que o ajudarão a determinar se você é um indivíduo voltado para os detalhes.

Talvez você goste de encontrar padrões para entender conceitos complicados ou passe por cada processo várias vezes para garantir o desempenho ideal.

Mas a principal lição é esta:

Não se preocupe em manter a contagem e verificar cada pequena coisa o tempo todo.

Às vezes, você tem que se contentar com suas idéias para finalmente colocá-las em prática.

Afinal, qual é o valor de todos esses detalhes se eles não forem bem usados ​​no final?